Breve história

A minha foto

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Batista foi inaugurada em 30 de março de 1960. Atualmente está sob a Direção da Professora Vera Lucia Leimann Kruklis, Vice-direção Professora Catiusa de Vargas.

Neste ano de 2017 a escola está completando 57 anos de funcionamento tendo como lema “Construindo Conhecimentos, Formando Cidadãos”.

Possui atualmente uma equipe composta por 1 Supervisora, 1 Orientadora Educacional, 18 Professores, 1 Monitora de Informática, 1 Instrutor de Música, 1 Secretária, 1 Merendeira, 3 Serventes, 7 Monitores do Programa Novo Mais Educação que atendem 162 alunos da Educação Infantil à 9º ano.

Através de atividades inovadoras a Escola prima por uma educação de qualidade voltada a garantia de direitos e valorização das crianças e adolescentes quanto a aprendizagem através de conteúdos teóricos e práticos, vivenciando valores necessários para se formar um cidadão consciente que possa assumir seu papel social.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

25 à 28/11/13

         Aconteceu na Sede do CONGIR de 25 à 28/11/13 a 25ª edição do Festival Estudantil da Canção. Esse evento, que começou no ano de 1988, é um evento cultural artístico-musical, organizado e promovido  visando a participação das escolas municipais, estaduais e particulares e aberto à apreciação da comunidade giruaense.
          O FEC tem como objetivos ainda oportunizar a arte, a cultura, o intercâmbio estudantil, a inclusão social e as vivências musicais, para o desenvolvimento integral do aluno; incentivar e valorizar a interpretação de músicas de autores locais, regionais e brasileiros, para a formação e fortalecimento da cultura artística musical nacional; favorecer o desenvolvimento de potencialidades artístico-culturais dos alunos, para o aperfeiçoamento da formação intelectual;  estimular a participação da comunidade para a valorização e integração de  pais e/ou responsáveis, alunos, professores, funcionários e moradores dos bairros do município e promover a organização de torcidas, para formação de hábitos e atitudes em prol do sucesso coletivo.           
      Para esta edição estão inscritas 57 músicas, contando com mais de 70  alunos participantes, distribuidos nas 6 Categorias. Todos os participantes receberão medalhas e os três primeiros lugares de cada Categoria serão premiados com troféus.
            A EMEF Batista teve a participação de 5 alunos:
          Na categoria 2 a aluna Emilly Victória Gomes Paixão de Souza com a música “Faz um milagre em mim” (Regis Danese).
            Na categoria 3  a aluna Ana Júlia Andrade Amancio.
          Na categoria 4 a aluna Layane Victoria Belmonte com a música “Teu amor não falha” (Nívea Soares) e o aluno Lucas Fabricio Fenerharmel com a música “Camaro Amarelo” ( Munhoz & Mariano).
         E na categoria 5 o aluno Leonardo de Oliveira com a música “Te esperando” (Luan Santana).

            O aluno Leonardo classificou-se entre os finalistas, a concorrência foi grande e infelizmente não conseguiu premiação, mas valeu a participação.

            A EMEF Batista agradece o empenho dos alunos, monitor do Programa Mais Educação Caique que ensaiou com os alunos e parabeniza a todos pela belíssima apresentação!

21/11/13

Nas dependências do Escritório da Central de Recebimentos Jerivá Embalagens, aconteceu  a entrega dos prêmios para os alunos das Escolas Municipais participantes do Concurso de desenho e redação promovidos pelo (inpEV) Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, integrando o Programa de Educação Ambiental Campo Limpo que mobilizou estudantes de 4º e 5º anos do ensino fundamental, neste ano o tema era “Mais reciclagem menos lixo” e “Por que reciclar é bom para o planeta”. Participaram do ato Atílio Lerino Gerente Administrativo da Jerivá Embalagens, Diretoras de escolas, Professores, alunos e pais dos alunos premiados. 
A referência dos alunos para criar as peças foi o material lúdico-educativo produzido pelo InpEV e distribuído com o apoio da central de embalagens, que as escolas o utilizam como apoio a atividade em sala de aula voltadas à conscientização para a conservação do meio ambiente. 
Na etapa local dos concursos, alunos de 1.861 escolas de 19 estados participaram e tiveram suas criações avaliadas e selecionadas. Em Giruá foram premiados alunos no concurso de desenho e de redação com 1º, 2º e 3º lugares.
A EMEF Batista conquistou o 1º lugar na redação juntamente com o aluno Felipe Gabriel Schaurich Comin do 5º ano.
A EMEF Batista parabeniza o aluno, professora Iara e estagiária Fernanda pelo importante trabalho desempenhado!









21/11/13

CONSCIÊNCIA NEGRA
Realizou-se uma programação especial, no Centro Cultural nos turnos da manhã e tarde do dia 21 de novembro, que fechará a Semana da Consciência Negra. Vamos celebrar O Dia Nacional da Consciência Negra que é comemorado no dia 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.
A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar da resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte de africanos para o solo brasileiro que foi datado no ano de (1549).
A sequencia das apresentações se deram da seguinte forma:
TURNO DA MANHÃ:
  • Os alunos do 5º ano juntamente com a professora Fernanda e Iara, apresentaram a música "Vamos Construir" Sandy e Junior, com algumas coreografias;
  • Os alunos da 8º série em companhia da professora Uanita realizaram a leitura de uma pouco da história de Zumbi dos Palmares;
  • Os alunos do 6º e 7º ano, com as professoras Anelise, Graciela e Iara, apresentaram a peça teatral “Experiência de vida”;
  • E para finalizar a professora Valesca, realizou uma fala sobre o dia Nacional da Consciência Negra.


TURNO DA TARDE:
  • A professora Dione e os alunos do Ja e JB apresentaram O teatro “Menina bonita do laço de fita”;
  • 1º ano juntamente com a professora Sídia,a apresentação da Fábula Africana – O macaco e o Peixe;
  • 2º ano em companhia da professora Fernanda, a apresentação da História: Bruna e a galinha d’angola;
  • 3º ano para fazer a apresentação de um Jogral;
  • E para finalizar-mos as apresentações o 4º ano e a professora Helena, apresentaram a peça teatral “Uma família colorida”. 
"Neste dia 20 de novembro, assim como em todos dias do ano, devemos valorizar a importância da cultura negra na formação da cultura brasileira".