Breve história

A minha foto

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Batista foi inaugurada em 30 de março de 1960. Atualmente está sob a Direção da Professora Vera Lucia Leimann Kruklis, Vice-direção Professora Catiusa de Vargas.

Neste ano de 2017 a escola está completando 57 anos de funcionamento tendo como lema “Construindo Conhecimentos, Formando Cidadãos”.

Possui atualmente uma equipe composta por 1 Supervisora, 1 Orientadora Educacional, 18 Professores, 1 Monitora de Informática, 1 Instrutor de Música, 1 Secretária, 1 Merendeira, 3 Serventes, 7 Monitores do Programa Novo Mais Educação que atendem 162 alunos da Educação Infantil à 9º ano.

Através de atividades inovadoras a Escola prima por uma educação de qualidade voltada a garantia de direitos e valorização das crianças e adolescentes quanto a aprendizagem através de conteúdos teóricos e práticos, vivenciando valores necessários para se formar um cidadão consciente que possa assumir seu papel social.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ANIVERSARIANTES DO MÊS DE SETEMBRO 2016

Desejos da EMEF Batista a todos aniversariantes: 
TURNO DA MANHÃ
08à Vinícius de Oliveira de Souza – 5º ano
22à Emanuélli Guits de Oliveira – 7º ano
25à Silvia Carolaine Galarça – 8º ano
28à Andressa Janaína Dapper – 9º ano

TURNO DA TARDE
19à Julia de Almeida Ehlert - JA
22à Gabriela Volkmer Toniolo – 1º ano
22à Kelvin da Silva de Oliveira – 2º ano
25à Tanara Ramos de Oliveira – 3º ano
Aos profissionais também:

7ª MULTIFEIRA DO CONHECIMENTO

      Nos últimos dias 25 e 26 de agosto, quinta e sexta-feira, a Secretaria Municipal de Educação e Cultural realizou a 7ª Multifeira do Conhecimento, que se estabelece como um evento importante para a comunidade escolar Giruaense. A feira constitui-se um espaço multidisciplinar de exposição e socialização de pesquisas e projetos educacionais desenvolvidos por alunos sob a orientação de professores.
     A Multifeira do Conhecimento propõe esse momento importante de socialização, vivências, conhecimentos e aprendizagens que difunde as produções realizadas nas escolas, bem como os resultados dos trabalhos de pesquisa entre professores e alunos. Esta iniciativa permite a integração estudantil e docente, reunindo um grande número de participantes que fazem a exposição de suas potencialidades, competências e habilidades através de trabalhos e experimentações desenvolvidas na escola envolvendo todas as áreas do conhecimento.
         A EMEF Batista participou levando os seguintes trabalhos:

CATEGORIA 1: EDUCAÇÃO INFANTIL
Bonequinho Doce –  Professora Bruna coma  turma do Jardim B

CATEGORIA 2: ANOS INICIAIS 1º ao 3º ANO
Agentes de transformação – Professora Catiusa com a turma do 3º ano

CATEGORIA 3: ANOS INICIAIS 4º e 5º ANO
Meio ambiente – Responsabilidade de todos – Professora Solange Terezinha com a turma do 5º ano

CATEGORIA 4: ANOS FINAIS 6º e 9º ANO
A prática da Educação Física na Educação Física Escolar - Professora Anelise com a turma do 6º ano
Entendendo a Ação das Vacinas em nosso Organismo - Professora Solange Maria com a turma do 7º ano.


PARTICIPAÇÃO NO DIA NACIONAL DO CAMPO LIMPO

        O Dia Nacional do Campo Limpo é a data para celebrar os excelentes resultados da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil e reconhecer os elos da cadeia do Sistema Campo Limpo (agricultores, canais de revenda e cooperativas, indústria fabricante e Poder Público).
        Comemorado anualmente em 18 de agosto, o DNCL faz parte do Calendário Nacional desde 2008 e é sinônimo de integração e conscientização.
        Em torno dessa data, a celebração do DNCL é estendida às comunidades locais, por meio de ações comunitárias, concursos em escolas, palestras em universidades, encontros com autoridades locais etc., no intuito de levar à região do entorno das unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas reflexão, conscientização e participação em atividades relacionadas à conservação do meio ambiente.
           Nossa Escola participou dos concursos de desenho com a turma do 4º ano e de redação com a turma do 5º ano, além de assistir um teatro apresentado pelos alunos da EMEF José João Bisognin.