Breve história

A minha foto

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Batista foi inaugurada em 30 de março de 1960. Atualmente está sob a Direção da Professora Vera Lucia Leimann Kruklis, Vice-direção Professora Catiusa de Vargas.

Neste ano de 2017 a escola está completando 57 anos de funcionamento tendo como lema “Construindo Conhecimentos, Formando Cidadãos”.

Possui atualmente uma equipe composta por 1 Supervisora, 1 Orientadora Educacional, 18 Professores, 1 Monitora de Informática, 1 Instrutor de Música, 1 Secretária, 1 Merendeira, 3 Serventes, 7 Monitores do Programa Novo Mais Educação que atendem 162 alunos da Educação Infantil à 9º ano.

Através de atividades inovadoras a Escola prima por uma educação de qualidade voltada a garantia de direitos e valorização das crianças e adolescentes quanto a aprendizagem através de conteúdos teóricos e práticos, vivenciando valores necessários para se formar um cidadão consciente que possa assumir seu papel social.

terça-feira, 7 de julho de 2015

ORALIDADE E SEU DESENVOLVIMENTO

    Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) da Língua Portuguesa (1998), a língua é fundamental para se estabelecer as relações sociais, porém esta não deve se tornar apenas um meio de comunicação, a oralidade tem que ser trabalhada com a mesma ênfase que damos a maneira da escrita, tanto a oralidade quanto a escrita assumem um papel importante na sociedade.
    Tendo a preocupação de ressaltar a oralidade como ferramenta fundamental em uma sala de aula para formação de indivíduos ativos, letrados, críticos, cientes de suas opiniões. Procuramos através da prática do teatro desenvolver estas habilidades em nossos alunos.
    O teatro promove não apenas o trabalho de uma peça. Primeiro, o aluno descobre o corpo como ferramenta, depois começa a utilizar linguagens verbais e não verbais, depois trabalha a parte da expressão falada e não falada, depois as duas juntas, até que ele domina essa arte e pode dialogar com outros saberes. Assim todos nós aprendemos de forma prazerosa e dinâmica.
     Nosso trabalho iniciou com um breve estudo sobre:
- O que é arte? 
- Estudo da arte.
- Tipos de arte.
   Trabalhamos algumas técnicas relacionadas aos tipos de arte e após direcionamos nosso trabalho com as artes cênicas ou o teatro.
   Com auxilio de livros da biblioteca, literatura infantil e infanto-juvenil (gênero livre e teatro). Os alunos realizaram algumas leituras e posteriormente em grupos montaram a sua peça de teatro. Ensaios ocorreram em meio às aulas de Língua Portuguesa, escolha de figurino e já com tudo pronto, iniciaram-se as apresentações.
    Peça I: O mágico de OZ – 2 (Uma releitura)
    Integrantes: Layane, Amanda, Felipe, Júlio e Carlos

    Peça II: Marcela (A origem dos nomes)
    Integrantes: Pablo, Leia, Marcos, Cleberson, Samuel e Elias

   Após as apresentações realizamos uma autoavaliação individual e uma coletiva entre os grupos, em seguida realizei considerações individuais e para os grupos.
  Acredito que esta prática foi uma atividade enriquecedora tanto para os alunos como para mim professora, pois as trocas foram diversas e em todos os momentos. O objetivo que era a oralidade, sendo este o foco da proposta com certeza foi atingido em sua totalidade.






Sem comentários:

Enviar um comentário